Arquivos da Tag: solidariedade.

Todo apoio à luta estudantil contra o fechamento de escolas!

Hoje, muitos estudantes tomaram as ruas de São Paulo – fechando até mesmo à Marginal Pinheiros – contra o projeto do governo estadual que pretende fechar centenas de escolas.

No final da manifestação, em frente ao Palácio de Alckmin, policiais militares reprimiram os estudantes – mas, é certo que a luta continuará independente de balas de borracha e gás pimenta!

CONTRA A REORGANIZAÇÃO DA REDE ESTADUAL DE SP!
NÃO AO FECHAMENTO DAS ESCOLAS!
BARRAR TODOS OS ATAQUES!

apoio estudantes

Solidariedade à greve nacional de trabalhadores bancários!

A partir de terça-feira, 06.10.15, trabalhadores bancários de diversas cidades do Brasil (veja abaixo a lista) iniciarão uma greve por tempo indeterminado.

O objetivo do movimento é pressionar os banqueiros, representados pela FENABAN, à apresentarem uma proposta melhor para categoria. Mesmo com bancos batendo recorde de lucro neste ano de 2015, a patronal ofereceu um reajuste salarial de somente 5,5% – o que na prática significaria uma perda salarial de mais de 4% pois a inflação oficial no período já bate 9,88%. Em pesquisa organizada pelo Sindicato de São Paulo, Osasco e região, 62,4% dos bancários consideram a proposta como “desrespeitosa”, e apenas 3% a vêem como “aceitável”.

TODA SOLIDARIEDADE À GREVE NACIONAL DE TRABALHADORES BANCÁRIOS !

bancários2

___

Lista de locais que aprovaram greve em suas assembleias:

Continuar lendo

Solidariedade à greve dos portuários de Santos!

Nesta quinta-feira 1° de outubro, a avenida do imenso porto de Santos amanheceu com forte protesto e pneus pegando fogo.

Os cerca de 800 trabalhadores portuários da empresa Ecoporto estão, a partir de hoje, de braços cruzados contra as demissões em massa na categoria e pela manutenção de seus empregos.

Desde o começo deste turbulento ano de 2015 cerca de 200 companheiros foram mandados embora – 70 somente na última semana!

TODA SOLIDARIEDADE AOS PORTUÁRIOS DE SANTOS!
demitiu, PAROU!

demitiu parou

Toda solidariedade à greve dos trabalhadores da prefeitura da USP!

No dia 29.09.2015 os trabalhadores da prefeitura do campus Butantã da USP decidiram por cruzar os braços e iniciar uma greve contra o desmonte da universidade, exigindo o fim dos processos de transferência de trabalhadores e a garantia da manutenção de todos os empregos.

Para hoje (30.09), o Sindicato de Trabalhadores da USP (SINTUSP) está convocando ato e assembleia. Já em reunião do Conselho Diretor de Base, os trabalhadores decidiram por apresentar à assembleia de hoje proposta de paralisação geral da Universidade de São Paulo e indicativo de greve para o dia 15 de outubro.

Contra os cortes e o desmonte da universidade!
Todo apoio à greve dos trabalhadores da prefeitura da USP!

USP

Todo apoio à paralisação da Eaton!

Hoje, 29.09.2015, os trabalhadores da Eaton – tanto os de Valinhos (região de Campinas) quanto os de São José dos Campos – estão realizando uma paralisação de 24h para pressionar a patronal a apresentar uma proposta melhor à categoria.

Trata-se de uma das ações conjuntas da campanha salarial unificada entre os Sindicatos da Baixada Santista, São José dos Campos, Campinas e Limeira – que juntos conformam um bloco de cerca de 170mil operários.

Entretanto, a paralisação na fábrica de São José, onde trabalham cerca de 400 pessoas, sofreu com forte repressão policial. As forças da Estado se utilizaram de dezessete viaturas, um helicoptero, gás pimenta e cacetetes afim de impedir o trancamento dos portões da Eaton. Um dos dirigentes do Sindicato chegou a ser imobilizado e algemado, mas já foi liberado.

TODA SOLIDARIEDADE AOS OPERÁRIOS DA EATON!
TODO APOIO À CAMPANHA SALARIAL UNIFICADA!
ABAIXO A REPRESSÃO!

____________________________________________
+informações:
Sindicato de Metalurgicos de Campinas e região:http://www.metalcampinas.com.br/
Sindicato de Metalurgicos de São José dos Campos e região:http://www.sindmetalsjc.org.br/

eaton

Solidariedade à paralisação de metroviários do Distrito Federal!

Nesta quinta-feira 24/09/2015, os trabalhadores metroviários do Distrito Federal realizarão uma paralisação de 24h. Suas reivindicações incluem tanto questões mais especifícas da categoria – especialmente a exigência da contratação imediata dos aprovados no concurso de 2013, o cumprimento do Acordo Coletivo, assim como a redução da terceirização de trabalho no metrô – quanto a questão mais geral da revogação do aumento das tarifas de ônibus e metrô.

A tarifa do Metrô e dos ônibus de longa distância subiram de R$3 para R$ 4 – aumento de 33% – enquanto a tarifa das cooperativas de ônibus subiu de R$ 1,50 para R$ 2,25 – aumento de 50%!

Com esta paralisação, os trabalhadores metroviários se somam às lutas contra a precarização das condições de trabalho – imposta tanto pelas demissões/ congelamento de contratações, arrocho salarial, corte de direitos, assim como pela terceirização do trabalho – e também à resistência contra o aumento do custo de vida, no caso específico, realizado pelo aumento absurdo das tarifas do transporte público.

Todo apoio à paralisação de metroviários do Distrito Federal!
Pelo atendimento imediato das exigências!
Pela revogação do aumento da tarifa de ônibus e metrô!

metro dfff

Todo apoio à paralisação nacional dos servidores federais!

Diante da perspectiva de adiamento do reajuste salarial, congelamento de contratações, fim do abono permanência e outros ataques aos direitos e condições de trabalho historicamente conquistados, o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais – composto por 23 entidades – deliberou por uma paralisação nacional no dia 23.09.2015. No mesmo dia será realizado também um ato em Brasilia em unidade comoutros movimentos e ações descentralizadas nos estados.

Nós trabalhadores não pagaremos pela crise dos capitalistas e seus governantes!
Unificar e radicalizar as lutas para derrotar os cortes, o ajuste e todos os ataques à nossa classe!

apoio à servidores

“Moradia já! Ou Brasília vai queimar!”

* Palavra de ordem entoada pelos ocupantes

No dia 14.09.2015 cerca de 450 famílias de trabalhadores sem-teto do Movimento Resistência Popular ocuparam o luxuoso Hotel St Peter de Brasilia exigindo moradia.

De imediato um pedido de reintegração de posse foi emitido pela justiça dos capitalistas.

Contudo, o grupo tem resistido – e promete continuar resistindo – à ação repressiva polícia.

Nós da Aliança Anarquista apoiamos à luta dos trabalhadores por uma vida digna e compreendemos como legitima e necessária a resistência contra os ataques e à repressão do Estado capitalista.

TODO APOIO À OCUPAÇÃO DO ST PETER!
VIVA A RESISTÊNCIA DOS TRABALHADORES!

hotel

Informe da greve dos correios

Recebemos o seguinte informe sobre a greve dos Correios de um trabalhador da própria empresa:

“Pois é minha gente, o grande motivo entre outros, é que queriam cortar o convênio e tirar os dependentes, e o aumento seria uma parte em janeiro e outra em março-2016,não tem PLR(participação nos lucros) e aí a empresa investe 300 milhões nas Olimpíadas!!!
É um pouco de mais,não tem problema sobre a reposição, o importante é não descontar.

Número de trabalhadores pela base sindical:
Em Greve: 89.439 ou 75%
Aceitam proposta: 29.801 ou 25%

Mesmo um quadro de 20 x 16.

A greve é forte, pois pega onde tem mais funcionários e dá mais lucro para a ECT.

Greve!

correios Continuar lendo

Todo apoio à greve dos trabalhadores dos correios!

No dia 15/09/2015 trabalhadores dos correios de São Paulo, Rio Grande do Sul, Bahia e diveras outras localidades rejeitaram o acordo rebaixado oferecido pela patronal e decretaram greve por tempo indeterminado em suas assembleias.

É mais uma categoria nacional de trabalhadores que se nega a aceitar passivamente o rebaixamento das condições de vida, somando-se à luta para que o peso da crise capitalista não recaia sobre nossa classe.

Avante trabalhadores!

(situação preliminar da categoria em 15/09/2015 segundo SINTECT-SP: http://www.sintect-sp.org.br/wp-content/uploads/2015/09/Preliminar-da-Greve-2015-em-16-09-2015.png )

sol correios